Artesanato como forma de expressão

Ser artesão significa imprimir, muitas vezes a produtos comuns, sua marca pessoal, transformando-os em peças excepcionais. É a difícil arte de captar as características de um lugar, um povo.

No Brasil, terra pródiga em temperos, o artesanato se manifesta de infinitas maneiras – das coloridades carrancas do “véio Chico” às rendas trançadas pelas mulheres nordestinas. Ciente de que aumentar o conhecimento do público sobre o tema se reverte em geração de trabalho e renda e melhoria de vida dos artesãos, o Sebrae abraçou a tarefa de criar uma casa que incremente a exposição do artesanato nacional e potencialize sua comercialização:
o Centro de Referência do Artesanato Brasileiro.

Para abrigá-lo, foram escolhidos três casarões na Praça Tiradentes, no Rio de Janeiro – os de números 67, 69 e 71. Desejamos que, em pouco tempo, o Centro se transforme na casa do artesão brasileiro.